was successfully added to your cart.

Edifício Axa

Porto, Novembro 2015

O Edifício Axa, em plena Avenida dos Aliados, funcionou como espaço cultural entre Abril de 2013 e Novembro de 2015. Este prédio de 7 andares recebeu, durante este tempo, vários artistas e entidades culturais (como o Balleteatro do Porto) e foram organizados diversos eventos desde concertos, exposições, feiras de arte e workshops. Segundo se pode ler no Jornal Público, “A partir de dezembro [de 2015], o edifício AXA é devolvido aos seus proprietários, encerrando um ciclo de dois anos e oito meses em que foi resgatado para a cidade pela Câmara do Porto e dinamizado pela empresa municipal PortoLazer. Foram quase 900 dias de portas abertas, nos quais o edifício recebeu mais de 300 eventos gratuitos e perto de meio milhão de visitantes”, descreve a autarquia.

Apesar da tentativa de prorrogar o contrato com a companhia de seguros Axa, a Câmara Municipal do Porto não teve sucesso em manter a actividade neste edifício, vendo-se obrigada a fechar em Dezembro de 2015. Apesar de ser triste dizer adeus a este projecto, a CMP decidiu celebrar o sucesso de toda a iniciativa organizando, em conjunto com a Lovers & Lollypops, o encerramento do Edifício Axa. Este evento contou com 12 horas de actividades incluíndo diversos concertos (alguns em varandas a dar para a Avenida dos Aliados), instalações artísticas, performances e workshops.

A Circus Network foi convidada para intervir livremente em duas salas deste emblemático edifício, que puderam ser visitadas apenas durante o evento. Nestes espaços decidimos representar as áreas que melhor nos caracterizam: a ilustração e a arte urbana. Para tal, na primeira sala podiam-se ver quadros de diversos artistas nas paredes e fanzines e livros artísticos nas mesas. A segunda sala, para a qual convidamos os street artists da nossa agência, foi pintada de cima abaixo criando uma atmosfera de cor que não é normal neste tipo de edifícios.

Os artistas que aceitaram o desafio Circus Axa Takeover foram:

Fotos e video por Expanding Roots